Exercício-desafio de Pensamento Crítico

Suponha que uma pessoa cria um sítio de Internet. Ela deseja colocar um aviso legal (“disclaimer”) esclarecendo que foi cuidadosa na construção do site, e, até onde ela tem conhecimento, não há no site nenhum material que viole direito autoral, nem informações erradas, nem arquivos com vírus, nem material difamatório, etc.

No entanto, ela quer explicar que, caso um usuário encontre ali alguma dessas coisas (por exemplo, por causa da ação de hackers, ou alguma confusão no provedor de hospedagem), ela não pode ser responsabilizada por isso, e o máximo que pode fazer é retirar o material problemático. Também quer explicar que se alguma dessas coisas for encontrada em algum outro sítio “linkado” a partir do seu, isso também não é de sua responsabilidade.

Note que o site em questão pode ser composto por várias páginas, e, além disso, ele não é estático: o site pode se modificar ao longo do tempo (por exemplo, incluir páginas novas, com novos textos e imagens, etc).

O problema dessa pessoa é definir de maneira precisa o que constitui “o seu site”. Ajude o autor do site, formulado uma definição para o termo “este site” que seja aplicável o tempo todo.

Esta atividade deve ser entregue até a aula do dia 10/10.

14 pensamentos sobre “Exercício-desafio de Pensamento Crítico

  1. Lincoln disse:

    Que tal “Todo e qualquer tipo de conteúdo que tenha sido comprovadamente editado por mim em última instância.” ?

    • Leonardo Galardinovic disse:

      Só funciona para sites com um administrador, além de se ampliar para conteúdos postados pelo mesmo cara em outros sites, como comentários em blogs, vídeos no youtube, etc.

  2. Prezados alunos: A entrega dos trabalhos, na aula de 10/10/11, e a discussão que se seguiu, colocaram diversos elementos novos e alguns aspectos intrigantes.

    Estas são algumas das principais observações que surgiram da discussão.

    Observação #1: O site pode crescer, diminuir com o tempo, os links internos podem mudar, e é preciso que, mesmo assim, a definição continue inteiramente válida.

    Observação #2: Na mesma área do usuário pode haver páginas e outros arquivos particulares, obsoletos, rascunhos ou “órfãos”, ou mesmo simplesmente esquecidos, que não fazem parte do site, e poderão nem mesmo vir a fazer. Nem tudo o que está sob a abrangência da conta do usuário faz parte do site.

    Observação #3: A definição não deve referir-se (nem implicitamente, nem explicitamente) ao que está “fora” do site, pois é ela mesma que define o “dentro” e o “fora”.

    Observação #4: A frase “no mesmo servidor” significa todo o conteúdo do servidor? Mas no mesmo servidor poderá haver muitos outros sites, de muitas outras pessoas. Obviamente eles não fazem parte deste site.

    Observação #5: A frase “no mesmo servidor” significa “na mesma pasta de usuário”? E se o usuário tiver duas ou mais pastas, por exemplo “/joaodasilva/” e “/joaodasilva2/”? Todas elas podem fazer parte do site — basta o proprietário decidir assim distribuir o material.

    Observação #6: Vimos, entre outras coisas, que a definição não deve depender da URL (endereço), uma vez que se trata de um atributo “acidental” do conceito “site”, e não de um atributo “essencial”.

    É preciso ainda contar com a possibilidade de que o endereço (URL) do site possa vir a ser alterado, ainda que de maneira puramente formal, mas de resto continue sendo o mesmo site. Por exemplo: o site gratuito
    “http://www.blogsgratuitos.com/hosted/profjoao1972/filosofia/”
    pode passar a estar no domínio
    “http://www.filosofia.joao.edu”
    bastando para isso, digamos, pagar alguma taxa para a companhia responsável pela hospedagem. O conteúdo continuaria exatamente o mesmo, a estrutura interna do site, etc.

    A propósito, é possível ainda supor uma situação em que, mesmo após a mudança, alguém que digitasse o endereço antigo pudesse continuar acessando o site normalmente.

    • Jonas H.H. Ishikawa disse:

      Acredito que para definir o web site é necessário o uso de uma rede de definições, definindo primeiramente a web page e em seguida o web site.

      Uma web page é um documento ou uma fonte de informação agregada à rede mundial de computadores e que pode ser acessada através de um web browser (navegador que permite ao usuário acessar, enviar ou visualizar, dentro da rede mundial de computadores, documentos como fotos, vídeos e arquivos de ordem digital) para ser exibida em um monitor ou aparelhos móveis. A informação geralmente se encontra na linguagem HTML ou XHTML que permite o acesso a outras web pages através de links (referências a documentos ou a partes destes na qual o usuário é imediatamente remetido).

      Um web site é uma coleção de web pages armazenadas em pelo menos um servidor que confere ao web site um endereçamento não fixo para permitir e facilitar seu acesso global através de rede mundial de computadores.

  3. Fernanda Diniz da Silva disse:

    Este sítio é constituído de páginas intra-relacionadas caracterizadas pelo trabalho intelectual do seu autor que visa respeitar os direitos autorais, a moralidade, compartilhar arquivos e informações provenientes de fontes seguras.

  4. Barbara disse:

    De acordo com as observações que o professor fez, a definição de site ficou cada vez mais dificil de se fazer, hehehehehe, mas vamos tentar.
    Um site consiste em um agrupamento de elementos inter-relacionados(como citou a Fernanda),com hiperligações(assim uma pagina órfã não pode ser cpnsiderada parte integrante do mesmo), contendo ou não o mesmo URL, uma vez que o mesmo(URL) pode ser mudado e o site continuar sendo o mesmo (observação 6), sendo assim o site pode ser acessado com um ou mais URL, e itens pode ser retirados e colocados, por pessoas que administram o mesmo,

  5. Elber Pergentino disse:

    O problema está no “intra” do “intra-relacionadas”, pois isso pressupõe algo interno ao site. E para saber o que é interno ao site deveríamos saber o que é o site, e é isso o que queremos, então caímos na circularidade.
    Eu ainda vejo o modo de definir o site a partir do endereço como melhor solução, já que o conteúdo é mutável. Geralmente, é mais fácil ver uma mudança no conteúdo do que no endereço. Não consigo imaginar um modo de definir um site com base no seu conteúdo.

  6. Andrea dos Santos Figueiredo disse:

    Assim como a Bárbara e a Fernanda disseram, um site é composto por páginas que são interligadas(links externos não contam). Estas páginas devem obedecer a proposta do autor (se é um site de notícia, de entretenimento…), e podem ser editadas pelo mesmo.
    As características dessas páginas não são estáticas, tais como URL e layout, mas geralmente padronizam o site.

  7. Glória disse:

    Refleti sobre o desafio e sobre as restrições colocadas posteriormente, sendo que o assunto tornuou-se muito complexo e não consegui tirar conclusões posteriores.

  8. Paloma disse:

    Acrescentarei algumas observações a mais. (Considere que todos as proposições abaixo estão conectadas pelo símbolo “/\” ( o “E” da lógica)).

    “Este site” deverá ser/ conter:

    Identificado pelo nome escolhido pelo autor, ex: ESTESITE e associado a um ou mais CPF’s/ CNPJ’s pertencentes a uma empresa/ grupo/ pessoa (podem sofrer mudanças ao longo do tempo);

    Situado em um endereço (URL) que pode sofrer alterações/ mudanças ou não ao longo da existência do site;

    O conteúdo poderá constar em um ou mais servidores que também poderá/ poderão sofrer alterações/ mudanças ao longo do tempo de existência do site;

    Que necessita ou não de login para acesso ao seu conteúdo;

    Constituído de um conjunto de páginas inter-relacionadas e com hiperligações (Conforme disseram a Fernanda e a Bábara);

    As páginas do site podem ser construídas por uma ou mais linguagens de computador e as páginas podem ser incluídas/ excluídas/ alteradas ao longo da existência do site;

    Um ou mais tipos de arquivos disponibilizados (sempre colocando as fontes de origem, de preferência. No entanto, existem vários caaso onde isso não ocorre.);

    Podendo ter links ou não que levem o usuário a outros sites;

  9. João Pedro disse:

    Acredito que a melhor forma de se definir “este site” seja a partir do endereço, pois como o Elber disse, é mais fácil o conteúdo ser mutável do que o endereço. Uma definição que abranja todo o conteúdo a partir do endereço, pela minha reflexão sobre o desafio, seria o modo mais viável.

  10. Vejam uma solução ao problema, utilizando definição recursiva:

    “Este site” é definido como consistindo de:
    (1) os arquivos principais; e
    (2) quaisquer outros materiais próprios linkados a partir dos arquivos principais;
    sendo que os termos “arquivos principais”, “materiais próprios” e “linkado a partir de” são definidos como segue:

    (a) Os “arquivos principais” são definidos como aqueles que o protocolo de resolução de endereços da Internet busca primeiramente e por default em qualquer URL, o que inclui necessariamente o arquivo de capa “index.html”.

    (b) “Materiais próprios integrantes do site” são definidos como quaisquer arquivos em qualquer formato (comprimido ou não), hospedados em qualquer servidor ou pasta ao qual o proprietário do site tenha permissão completa de acesso (leitura, modificação e gravação), e que possam ser transmitidos pela Internet pelos protocolos usuais como TCP/IP (e seus equivalentes, dependendo da plataforma, como navegadores de celular) e acessados por requisições HTTP (incluindo, porém não se limitando a hiperlinks).

    (c) “Linkado a partir de” é definido recursivamente da seguinte forma: um arquivo A é dito linkado a partir de B se e somente se: (i) A é referido por hiperlinks de B, ou (ii) A é referido por hiperlinks de um arquivo linkado a partir de B.»

    Esta solução evita as principais dificuldades já apontadas e, ao mesmo tempo, contempla os aspectos válidos já levantados pela turma durante a discussão.

    Prof. Valter

  11. Lincoln disse:

    Que tal definir o conteúdo do sítio através da verificação de integridade dos arquivos pertecentes a este conteúdo? O autor poderia liberar uma lista no sítio com o código MD5 de todos os arquivos por ele responsabilizados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s