III Colóquio de professores de Filosofia

Cartaz_coloquio_professores_filosofiaAcontece na quarta e quinta-feira, dias, 05 e 06 de Dezembro de 2012, a terceira edição do Colóquio de Professores de Filosofia da UFABC, inciativa do curso de Licenciatura em Filosofia da UFABC. Nas duas jornadas do Colóquio, as atividades acontecem no Bloco Sigma do Campus São Bernardo, com início às 19h. Clique na imagem para ampliar a programação. [Obrigado à Profa. Patrícia Velasco pela informação.]

Filosofia (e Universidade) numa encruzilhada

Foi publicado na Folha de São Paulo do dia 05/11/12 um texto provocativo de Luiz Felipe Pondé, intitulado “O filósofo do martelo na academia”, sobre o tema da inserção institucional da Filosofia dentro do sistema acadêmico atual, e sobre o modo de atuação que, segundo o autor, ela tem adotado nas últimas décadas. A pergunta colocada é: em que tem consistido o fazer Filosofia no Brasil ultimamente? A resposta dada por Pondé é a mais crítica possível. Leia o texto. Claro que trata-se de uma generalização, com todos os riscos inerentes às generalizações. Poderíamos aproveitar o ensejo para perguntar: como andam as exceções a essa regra, se é que as há? Onde estão? Quantas são? Estamos entre elas?

Suspeito que uma descrição muito semelhante, senão igual, é aplicável a outras áreas do conhecimento — e até de forma mais contundente. Paraceria que a Filosofia chega relativamente “tarde” a esse modus operandi, a essa dinâmica, que já havia sido abraçada entusiasticamente — e até apoiada — em outras áreas. Nesse caso, o que teríamos diante de nós é uma doença que aflige toda a Academia. Não têm faltado alertas nesse sentido. Um dos mais contundentes foi feito há dois anos, no I Simpósio Nacional de Avaliação Científica, encampado pela Sociedade Brasileira de Física. Na mesma época, saiu também o Slow Science Manifesto.

A propósito, um crítico muito articulado daquilo que costuma denominar os underlabourers da Filosofia atual é o polêmico Steve Fuller, do Departamento de Sociologia da Universidade de Warwick (autor de The sociology of intellectual life: The career of the mind in and around the academy; The Philosophy of science and technology studies; Kuhn vs Popper: The struggle for the soul of science; The intellectual: The positive power of negative thinking; e de Thomas Kuhn: A philosophical history for our times, entre outros).

Aproveite e comente logo abaixo deste post.

A institucionalização do ensino de Filosofia

Desde a recente inserção “oficial” da Filosofia como disciplina no currículo do ensino médio, tem havido um grande impulso à reflexão e à pesquisa sobre o ensino de Filosofia. Em certa medida, o próprio curso de Licenciatura em Filosofia da UFABC e os eventos realizados na UFABC sobre temas afins inserem-se dentro desta retomada. (Isso para não falar da onda de revistas de grande tiragem, livros e vídeos sobre Filosofia nos últimos anos.)

O Prof. Walter Kohan, da UERJ, concedeu uma entrevista extremamente lúcida e equilibrada ao site da ANPOF (Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Filosofia) sobre vários desdobramentos, pressupostos e riscos envolvidos no processo de “institucionalização escolar” da Filosofia. Leitura indispensável tanto para quem já se preocupa com o tema quanto para quem deseja entender melhor que conversa é essa, de Filosofia na escola, afinal.

Filosofia em pedacinhos

A Universidade de Nancy 2, na França, juntamente com os Archives Henri Poincaré, lançou uma série de vídeos intitulada “A filosofia em pedacinhos” (La philo en petits morceaux), criados por Philippe Thomine e com animação realizada por Nicolas Mathis.

Os vídeos, de curta duração (entre 4 e 5 minutos cada) abordam, em linguagem simples, vários temas de filosofia da ciência e de epistemologia — como mudanças de paradigma, os paradoxos em lógica e em teoria de conjuntos, a filosofia da mente, os problemas da causalidade, etc.

Os 6 vídeos originais podem ser assistidos no site do projeto. Um dos vídeos (sobre o critério de demarcação de Popper) foi legendado em português.

Agradeço à Profa. Márcia Alvim (UFABC) pela dica.

Colóquio com transmissão ao vivo

O II Colóquio de Professores de Filosofia da UFABC ocorre hoje (4a. feira, 05/10) e amanhã (5a. feira, 06/10), e terá transmissão ao vivo pela internet.

As atividades ocorrerão no Auditório do Bloco Sigma (Av. João Pessoa, 59, São Bernando do Campo). A programação é a seguinte:

05/10, 19h: “Filosofia no Ensino Médio”, com o Prof. Dr. Josué Cândido da Silva (UESC).

06/10, 19h: “Ensinar filosofia ou ensinar com filosofia?”, com o Prof. Dr. Walter Kohan (UERJ).
Na internet, o endereço da transmissão será: http://www.livestream.com/filosofiaufabc
O evento é promovido pelo curso de Licenciatura em Filosofia da Ufabc, com apoio da PROEX, do CCNH e do Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática.